Matrícula do colaborador no eSocial

Matricula do eSocial

Sabemos que no sistema Folha Phoenix temos para cada cadastro de Funcionário um código para identificação dentro do sistema, no entanto, o eSocial também irá precisar de um código para cada Funcionário que a empresa possuir ativo no sistema, para que assim, o identifique em sua base de dados, por isso chamamos essa informação de Matrícula do eSocial.

A matrícula do empregado deve ser um número único que identifique um determinado vínculo trabalhista entre o empregado e o empregador. Nesse sentido, um vínculo trabalhista se inicia com a admissão e se encerra com o desligamento do trabalhador. Transferências do empregado entre departamentos ou estabelecimentos da própria empresa não encerram um vínculo trabalhista e, portanto, não alteram a matrícula do empregado.”

Onde e Como eu cadastro esta Matrícula eSocial?

Muito simples, basta ir no menu Arquivos, Parâmetros por Empresas e na aba  eSocial marcar a opção da forma que deseja cadastrar a Matrícula:

Matrícula do eSocial

É muito importante definir corretamente a Matricula do eSocial que será enviada no registro dos Empregados, porque uma vez definida a mesma não poderá ser alterada. Entenda como o sistema preenche cada uma das opções e escolha o melhor método para sua empresa:

Utilizar Apelido da Empresa + Código do Funcionário: Marcando esta primeira opção, o sistema irá automaticamente carregar no cadastro de cada funcionário, na aba Dados Contratuais, no campo Matrícula eSocial, o apelido da empresa seguido do código do funcionário, esta será a sua Matrícula eSocial.

Vale lembrar que sempre que um Novo Funcionário for cadastrado, o próprio sistema alimentará a Matrícula dele de forma automática.

Utilizar o Próprio Código do Funcionário: Marcando esta segunda opção, o sistema irá automaticamente carregar no cadastro de cada funcionário, da mesma forma da opção anterior preenchendo a Matrícula com o Código cadastrado para ele. Porém não recomendamos  que esta opção seja utilizada para Matriz e Filias, uma vez que o sistema  levará o apelido da empresa e se por ventura uma empresa deixar de ser filial você poderá ter problemas na base de dados do e-social.

Definir Manualmente: Marcando esta terceira opção, você terá que ir no campo e informar manualmente o apelido da empresa seguido do código do funcionário. Vale lembrar que se você marcar essa opção, o controle de matriculas deverá ser efetuado a parte, ou seja, você precisará controlar as matriculas inseridas para os atuais e também novos empregados.

Cadastrei o método de geração da Matrícula e gostaria de mudar. Tem como?

Não, uma vez informada a opção desejada o sistema não permitirá a alteração já que esta informação já está sendo enviada no Registro S-2200 do eSocial.

Qual a melhor opção para escolher?

O Método mais fácil e prático de escolha é a 1ª opção Apelido da Empresa + Código do Funcionário, isso porque quem fará o controle será o próprio sistema e você não corre o risco de ter matriculas duplicadas.

Em que registro é enviada essa Matrícula? 

No Registro S-2200 – Admissão do Trabalhador.

Utilizei a opção errada. E agora?

Nesse caso, você precisará acionar a nossa equipe de Atendimento para que eles possam identificar se no seu caso, a informação pode ser alterada.

  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta