O Governo Federal divulgou hoje, no portal Gov.Br, uma notícia que esclarece sobre duas grandes mudanças na implantação do novo eSocial Simplificado.
A primeira refere-se ao início do eSocial Simplificado. Já a segunda mudança envolve a obrigatoriedade do envio dos eventos de folha de pagamento para o terceiro grupo, que atinge as empresas optantes pelo Simples e os empregadores pessoas físicas.
O cronograma divulgado prevê o envio dos eventos da folha a partir do mês de maio. Haverá, inclusive, um período de “convivência” de versões para promover uma transição mais serena e permitir que os empregadores adaptem-se gradualmente.

Sobre a implantação do novo eSocial Simplificado

A nova versão, antes prevista para o dia 10 de maio, foi adiada para o dia 17 de maio.
Segundo o governo, essa medida foi adotada para que as empresas não precisem passar por implantações ou atualizações de sistema durante as entregas do período de fechamento de folha do dia 15 de maio, referente ao mês de abril deste ano.

Parada do sistema (indisponibilidade)

A implantação da nova versão S-1.0 provocará uma parada no sistema que impactará todos os módulos do eSocial, impossibilitando também o recebimento dos eventos.
Segundo o texto do governo, essa interrupção ocorrerá durante três dias:

  1. 08 de maio (sábado), das 08h às 18h.
  2. 16 de maio (domingo), das 00h às 23h59.
  3. 17 de maio (segunda-feira), das 00h às 14h.

A partir da implantação da versão S-1.0, agendada para 17 de maio (14h), os eventos poderão ser enviados ao eSocial tanto na nova versão como na versão atual (2.5).

Obrigatoriedade ao terceiro grupo

A mudança citada sobre o início da obrigatoriedade do terceiro grupo permanece com a data de 10 de maio, relativo a fatos ocorridos a partir do primeiro dia.
Com isso, os eventos periódicos de 10 a 15 de maio poderão ser enviados apenas na versão atual, 2.5.
Após o dia 17 de maio, serão recebidos em qualquer versão.

 


Leia mais notícias sobre o novo eSocial Simplificado (clique aqui).

Feito com ❤ pelo Marketing

Por Eduardo Oliveira