A pandemia causada pelo novo coronavírus já causou mais de 135 mil mortes ao redor do globo. Quase um terço da população mundial está de quarentena devido à rápida proliferação do vírus, o que vem impactando diretamente a renda de milhões de pessoas. Ao longo do texto vamos falar do reflexo do coronavírus na economia.

Mais de 600 mil empresas já fecharam as portas, isso só em São Paulo. Aeroportos estão impedidos de operar e a bolsa de valores nunca teve quedas tão bruscas, chegando a 8%, o pior resultado em cinco anos.

Até o fechamento desta matéria, o dólar chegou a bater R$ 5,25, um novo recorde na história da moeda americana para os brasileiros.
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) aponta que hoje temos 12 milhões de brasileiros desempregados e esse número pode chegar a 20 milhões até o fim do ano, caso o País permaneça em quarentena.

Os dados são preocupantes e os trabalhadores temem muito perder seus empregos. Atualmente, mais de 38 milhões deles já se encontram na informalidade.

Com o impacto do coronavírus na economia , qual o papel do contador?

O contador é um parceiro importante em períodos turbulentos como o que estamos vivendo no mundo. Usando sua expertise para criar estratégias financeiras de sobrevivência em meio à crise causada pelo vírus.

Como ele é responsável por controlar as questões financeiras, tributárias, econômicas e patrimoniais de uma empresa, sua função, neste momento, é manejar o caixa da melhor forma possível por conta do forte impacto do coronavírus na economia.

Com um plano de contingência bem definido e alinhado aos outros departamentos, o contador será o guia para que o negócio consiga atravessar a crise sem grandes perdas financeiras.

Os impactos econômicos são globais e é possível que o empresário tenha que ceder aqui ou ali.
E é papel do contador equilibrar as contas, auxiliando a gestão a tomar as melhores decisões baseadas em números.

Ferramentas que podem ajudar

Em tempos de pandemia, respeitar a quarentena é fundamental na contenção do vírus. Quanto antes esse período mais restritivo terminar, melhor será para o mercado.

Enquanto isso não acontece, milhares de pessoas estão trabalhando remotamente dentro de suas casas. Cerca de 43% das empresas brasileiras aderiram ao home office durante a quarentena.

E uma das melhores soluções para quem usa redes de conexão domésticas para trabalhar são os softwares em nuvem.
Isso porque, com os programas hospedados na nuvem, não há a necessidade de fazer instalações nos equipamentos.

Com espaço no disco rígido livre, o processamento de dados fica muito rápido, ajudando na produtividade do colaborador.
A nuvem também possui mecanismos de segurança próprios da desenvolvedora.

Uma proteção a mais contra malwares e ataques cibernéticos em um período tão delicado onde até mesmo as notícias sobre o coronavírus têm sido usadas como isca por hackers para roubo de informações.

Você já conhece a nuvem da Contmatic?

Clique aqui e acesse o Contmatic Phoenix Web.

Outra solução é o Contador Online. A ferramenta pode ser baixada gratuitamente na área de downloads por clientes da Contmatic.
O Contador Online possui um sistema que facilita a comunicação entre seu escritório e seu cliente, estreitando as distâncias em um cenário de pandemia e combate ao coronavírus.

Em um momento como este, onde não podemos ter contato com as pessoas, ferramentas assim permitem que o fluxo de trabalho continue no mesmo ritmo, mesmo que à distância.

Com ela, o cliente não deixa de entregar ao contador os documentos necessários para manter suas obrigações com o Fisco em dia.
A tecnologia do Contador Online possibilita fazer lançamentos contábeis em home office e enviar tudo automaticamente ao escritório com um código alfanumérico e uma planilha financeira que simplifica todos os processos.

sistema em nuvem tecnologia para contadores

Veja mais notícias sobre o coronavírus em seu escritório de contabilidade.

Feito com ❤ pelo Marketing.