Matrícula do colaborador no eSocial

Matricula do eSocial
Compartilhar nas Redes Sociais

Sabemos que no sistema Folha Phoenix temos para cada cadastro de Funcionário um código para identificação dentro do sistema, no entanto, o eSocial também irá precisar de um código para cada Funcionário que a empresa possuir ativo no sistema, para que assim, o identifique em sua base de dados, por isso chamamos essa informação de Matrícula do eSocial.

A matrícula do empregado deve ser um número único que identifique um determinado vínculo trabalhista entre o empregado e o empregador. Nesse sentido, um vínculo trabalhista se inicia com a admissão e se encerra com o desligamento do trabalhador. Transferências do empregado entre departamentos ou estabelecimentos da própria empresa não encerram um vínculo trabalhista e, portanto, não alteram a matrícula do empregado.”

Onde e Como eu cadastro esta Matrícula eSocial?

Muito simples, basta ir no menu Arquivos, Parâmetros por Empresas e na aba  eSocial marcar a opção da forma que deseja cadastrar a Matrícula:

Matrícula do eSocial

É muito importante definir corretamente a Matricula do eSocial que será enviada no registro dos Empregados, porque uma vez definida a mesma não poderá ser alterada. Entenda como o sistema preenche cada uma das opções e escolha o melhor método para sua empresa:

Utilizar Apelido da Empresa + Código do Funcionário: Marcando esta primeira opção, o sistema irá automaticamente carregar no cadastro de cada funcionário, na aba Dados Contratuais, no campo Matrícula eSocial, o apelido da empresa seguido do código do funcionário, esta será a sua Matrícula eSocial.

Vale lembrar que sempre que um Novo Funcionário for cadastrado, o próprio sistema alimentará a Matrícula dele de forma automática.

Utilizar o Próprio Código do Funcionário: Marcando esta segunda opção, o sistema irá automaticamente carregar no cadastro de cada funcionário, da mesma forma da opção anterior preenchendo a Matrícula com o Código cadastrado para ele. Porém não recomendamos  que esta opção seja utilizada para Matriz e Filias, uma vez que o sistema  levará o apelido da empresa e se por ventura uma empresa deixar de ser filial você poderá ter problemas na base de dados do e-social.

Definir Manualmente: Marcando esta terceira opção, você terá que ir no campo e informar manualmente o apelido da empresa seguido do código do funcionário. Vale lembrar que se você marcar essa opção, o controle de matriculas deverá ser efetuado a parte, ou seja, você precisará controlar as matriculas inseridas para os atuais e também novos empregados.

Cadastrei o método de geração da Matrícula e gostaria de mudar. Tem como?

Não, uma vez informada a opção desejada o sistema não permitirá a alteração já que esta informação já está sendo enviada no Registro S-2200 do eSocial.

Qual a melhor opção para escolher?

O Método mais fácil e prático de escolha é a 1ª opção Apelido da Empresa + Código do Funcionário, isso porque quem fará o controle será o próprio sistema e você não corre o risco de ter matriculas duplicadas.

Em que registro é enviada essa Matrícula? 

No Registro S-2200 – Admissão do Trabalhador.

Utilizei a opção errada. E agora?

Nesse caso, você precisará acionar a nossa equipe de Atendimento para que eles possam identificar se no seu caso, a informação pode ser alterada.

2 respostas para “Matrícula do colaborador no eSocial

  1. Utilizei a opção errada. E agora?
    Nesse caso, você precisará acionar a nossa equipe de Atendimento para que eles possam identificar se no seu caso, a informação pode ser alterada.
    Com quem tenho que falar? usamos a opção errada para 5 empresas

  2. Oi Luciana, tudo bem? Se estas empresas ainda estiverem no ambiente de testes nós conseguimos ajustar, entre em contato com a nossa equipe do Suporte através do telefone (11) 2942-6709.

Deixe uma resposta