A LGPD — Lei Geral de Proteção de Dados — já está em vigor desde o dia 18 de setembro e é importante que você já adapte o seu escritório de contabilidade para essa nova legislação.

O primeiro passo é saber o que é a LGPD e qual a sua finalidade.

O ramo contábil faz uso dos dados de seus clientes e por isso é uma área que precisa estar em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados. Sendo assim, trouxemos este artigo para que você entenda tudo o que precisa saber com esta nova vigência.

O que é LGPD?

A LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) é uma lei que tem como propósito a proteção de qualquer tipo de coleta, armazenamento e uso de dados de terceiros, de forma que garanta a segurança e a privacidade de todas as informações pessoais destes usuários.

Conforme a transformação digital veio surgindo nos últimos anos, as empresas começaram a ter acesso a todos os dados de seus clientes e usaram essas informações para elaborar suas estratégias e outras necessidades para fins comerciais.

Porém, vazamentos de informações pessoais dos usuários já ocorreram e acabam gerando um impacto negativo. Por isso, em 2016, a União Européia estabeleceu a GDPR (General Data Protection Regulation), que possui o mesmo objetivo da LGPD.

Com isso, o Brasil seguiu os mesmos passos. Em 2018, Michel Temer sancionou a lei e agora ela já está em vigência.

Caso a sua empresa não siga as medidas impostas pela Lei Geral de Proteção de Dados, ela pode sofrer multas que equivalem a 2% do faturamento total da sua empresa ou até cerca de R$ 50 milhões de reais!

Quais são as medidas adotadas pela LGPD?

A lei determina qualquer tipo de manipulação que a empresa irá fazer com os dados dos clientes, seja nome, endereço, telefone, e-mail, número de documentos, registro de atividades e diversas outras informações.

A empresa poderá utilizar esses dados apenas com o consentimento dos usuários, que também podem cancelar a permissão a qualquer momento. Ou seja, haverá um maior controle pela parte dos usuários na manipulação de seus próprios dados.

O que é importante para estar em conformidade com a LGPD?

  1. Faça uso de medidas preventivas;
  2. Elabore regras e bons costumes em sua administração;
  3. Realize a prestação de contas conforme necessidade da LGPD;
  4. Faça possíveis treinamentos para conscientizar funcionários e parceiros;
  5. Respeite as regras se sua empresa atua fora do Brasil, mas lida com dados de brasileiros;
  6. Reforce a segurança dos dados dos clientes.

Além disso, há diversas outras práticas que podem ser implantadas para que a sua empresa não corra risco de levar multas e obter maiores problemas.

A Contmatic Phoenix ajuda a sua empresa na implantação da nova lei

Para ajudar você com a vigência da Lei Geral de Proteção de Dados, a Contmatic Phoenix está realizando uma consultoria de implantação da LGPD em seu escritório ou empresa contábil para que você fique por dentro da nova legislação, saiba utilizar os termos de uso estabelecidos pela política de privacidade da LGPD e faça uso do compliance para as novas práticas do dia a dia de seu escritório.

Portanto, esteja alinhado aos regulamentos da nova legislação sem preocupações e dores de cabeça e conte com o auxílio da Contmatic Phoenix a todo momento.

LGPD

Veja mais artigos de como a LGPD pode impactar seu escritório de contabilidade.

Feito com ❤ pelo Marketing.

Por Melissa Carvalho.